Dona Vera

Veranilta Alves Costa, conhecida como Dona Vera, nasceu em 1953, em Coronel Murta, cidade localizada no Vale do Jequitinhonha. Mudou-se para Belo Horizonte quando tinha 23 anos de idade. Hoje, mora no Bairro Ribeiro de Abreu, com o seu marido e sua única filha. É aposentada e possui uma horta urbana, comercializando seus produtos, sobretudo, em feiras da capital mineira.

A lidar com a terra, Dona Vera aprendeu com a mãe, ainda na primeira infância. Nessa época, ajudava a plantar alimentos para o consumo da família e para pagar em espécie o proprietário da terra em que viviam, além de ajudar a cuidar dos sete irmãos menores e da casa. Quando começou a trabalhar como empregada doméstica em Coronel Murta, aos 12 anos, os patrões deixavam que ela plantasse e criasse pequenos animais em sua propriedade, para comercializar e ajudar a mãe, até mesmo porque nem sempre lhe pagavam em dinheiro. Em Belo Horizonte,

Dona Vera foi costureira, cuidadora de idosos e faxineira. Mesmo quando morava de aluguel, ela fazia questão de sempre manter uma horta em casa para o consumo próprio e para agradar os amigos, colegas e conhecidos. Por falta de espaço, sua horta era plantada em vasos. Depois que se aposentou, pôde dedicar-se somente ao seu quintal e, desde 2012, com o incentivo da Articulação Metropolitana da Agricultura Urbana – Amau, voltou a comercializar o que produz, garantindo-lhe, assim, uma segunda renda.

Marina Amorim e Mariana Lopes

Leia a biografia completa de Dona Vera. Clique no centro da imagem para ampliar.