Neuzi

Neuzi de Fátima Pinto nasceu no município de Bonfinópolis, em 1966. Sua relação com a agricultura começou no pequeno pedaço de terra dos pais. Aos 12 anos, quando começou a levar o almoço para o pai na roça, passou a aprender a preparar a terra e a plantar. Aos 14 anos, foi trabalhar em casa de família cuidando de crianças, voltando para a roça aos 18 anos, quando se casou. Ela e o marido trabalharam na terra dos pais dele, até a chegada da reforma agrária.

Na luta por seu próprio pedaço de terra, o casal se filiou ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais em Bonfinópolis, mas não foi sorteado no Assentamento Saco do Rio Preto, em Natalândia.

Continuaram a lutar pela terra, mudando para João Pinheiro. Lá, Neuzi começou sua trajetória no Movimento de Assentamentos. Participou de ocupações, da criação e da gestão dos sindicatos de Brasilândia e de Santa Fé de Minas. Atuou na fundação da Associação de Mulheres e da Cooperativa do assentamento. Por isso, é reconhecida como liderança local.

Hoje, ainda mora no Assentamento Tamboril, em Santa Fé, onde permaneceu mesmo após a morte do marido, com quem teve quatro de suas cinco filhas (Lucimar, Valéria, Luciana, Andréa e Diennifer). Só a filha mais nova, fruto de seu atual relacionamento, ainda mora com ela. Dedica-se ao plantio e à criação de animais. Vive da comercialização de sua produção.

Ela foi indicada pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais – Fetaemg e pela Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) para participar deste projeto.

Ana Paula Salej e Giovanna Lunardi

Leia a biografia completa de Neuzi. Clique no centro da imagem para atualizar.